Suas aplicações são seguras?

Conheça a Conviso!

UbiCrypt Summer School – Bochum 2013

A Conviso marcou presença esse ano na escola de verão em engenharia reversa na Universidade de Ruhr, Bochum [1]. Quem atua em pesquisa com foco na área de análise de Malware e código sabe que Ruhr representa um centro de excelência e concentração de bons pesquisadores na Europa (e me arriscaria a dizer no mundo).

Como de costume, a organização germânica não deixou nada a dever. Desde a infra-estrutura para acolher alunos das mais diferentes nacionalidades até a forma como o processo foi executado. Para se inscrever no curso foi necessário resolver um desafio descrito na página do evento [2] e escrever um parágrafo explicando o que lhe motiva a participar do curso. Isso, de certa forma, já tornava o processo de participação minimamente meritocrático e filtrou quem não possui uma base técnica mínima necessária para acompanhar o curso.

O evento em si, foi composto por duas vertentes: (i) a primeira formal e voltada para pesquisa e (ii) a segunda aplicação do conhecimento. Ao decorrer de cinco dias de curso com uma turma composta por 70 alunos trabalhando em tópicos como: Deobfuscation, Unpacking, Windows Internals, Binary Instrumentation, Dynamic Taint Analysis, Engenharia Reversa em código C++ e uma aula mais específica sobre Malwares para dispositivos móveis com foco em Android. Na Quarta-feira ocorreu uma pausa nas aulas e foi realizado um mini seminário com apresentações dos top-artigos de 2012 em Malware Analysis na Europa.  

Foram 3 horas de aulas por dia (das 9 às 12) e um laboratório com desafios práticos na parte da tarde (auxiliado por monitores). Recomendo fortemente à quem decidir participar desse evento nos próximos anos já possuir uma fluência em Python e ser usuário de médio/avançado do IDApro [3] (além de dominar a API do IDAPython [4]).  Todas as aulas são ministradas em Inglês, isso significa que é necessário se comunicar nesse idioma. Por ser uma cidade estudantil (por volta de 40 mil estudantes no Campus de Bochum), os custos com acomodação são relativamente baixos (dois hostels na cidade e o hotel Ibis fica por volta de 30 euros a diária).

Resumo da obra: o evento é para aqueles de coração forte. Para aqueles que gostam de algo mais técnico e específico e uma ótima oportunidade para “o além do networking“, que infelizmente representa o objetivo maior de boa parte dos eventos em segurança da informação hoje em dia. Aprender algo de forma estruturada realmente palpável na área. Recomendo fortemente.

Originalmente postado no Blog da Conviso Application Security – Siga-nos no Twitter @conviso Google+

Tags

Deixe um comentário

topo
%d blogueiros gostam disto: