Suas aplicações são seguras?

Conheça a Conviso!

Treinamento em segurança para desenvolvedores: 3 motivos para investir

Qualquer investimento que não consiga comprovar retornos tangíveis para um negócio, seja em redução de despesas ou aumento no faturamento, acaba gerando dúvidas entre os gestores.

Os treinamentos em segurança são um desses investimentos, pois, geralmente, tomam tempo de trabalho dos desenvolvedores que, consequentemente, ficam impossibilitados de escrever códigos. No entanto, os treinamentos para desenvolvedores não podem ser deixados de lado pelas empresas que querem garantir a segurança de dados.

Conheça no post de hoje 3 motivos para investir nesse tipo de curso:

Padronização de processos

Atualmente, as soluções de segurança capazes de reduzir as vulnerabilidades de um software qualquer são praticamente incontáveis. Muitas vezes, essas ferramentas também podem variar em seu método de aplicação e na forma como os testes são conduzidos. Esse cenário complexo faz com que as práticas de segurança adotadas variem não somente de empresa para empresa, mas também de desenvolvedor para desenvolvedor.

Por isso, investir em treinamentos para desenvolvedores significa que sua empresa poderá adotar modelos e boas práticas de forma mais simples e ágil junto à equipe, garantindo que seus produtos tenham o mesmo padrão de segurança e controle de vulnerabilidades.

Redução de despesas

Como vimos no início do post, muitos empreendedores acreditam que os treinamentos em segurança de dados são sinônimos de horas não trabalhadas. No entanto, esses cursos também podem gerar redução de despesas para sua empresa.

Acompanhe esse exemplo: para corrigir uma falha de segurança quando um software já está finalizado, sua empresa gasta em média 30 horas entre identificação da solução, recodificação, desenvolvimento de testes, teste da aplicação após a mudança, verificação se outras funcionalidades foram afetadas, entre outras atividades.

Se um desenvolvedor que passou por um treinamento de segurança de 5 horas consegue inserir somente uma vulnerabilidade a menos nas aplicações que desenvolveu, isso significa que, em um ano, ele deixará de criar 30 horas de trabalho para que outros desenvolvedores e equipes corrijam as falhas.

Ainda que essa seja uma estimativa grosseira, se você imaginar que o treinamento dura 10 horas e a equipe leva apenas 20 horas para corrigir uma vulnerabilidade, o retorno sobre o investimento ainda é notável. Isso fica ainda mais evidente quando levamos em conta que, quando falhas de segurança são identificadas, não somente as horas dos desenvolvedores estão em jogo, mas também as dos gestores que precisam tomar decisões relativas a esses problemas.

Solução interna

O tempo trabalhado não é a única forma de reduzir despesas com esses treinamentos. Quando sua equipe possui um bom nível de informação nesse processo, também é natural que sua empresa passe a depender menos de empresas e especialistas externos. Esse aspecto pode gerar grandes economias de despesa a longo prazo, pois a empresa ataca os problemas internamente.

Se os treinamentos em segurança de dados por si só não são capazes de blindar sua empresa contra as vulnerabilidades, eles fazem parte de um mix de soluções necessárias para proteger as aplicações. Ainda que seu negócio não tenha recursos para investir em cada uma dessas iniciativas, os treinamentos para desenvolvedores podem, sim, favorecer a segurança sem prejudicar a eficiência da equipe.

Visite agora mesmo o website da Conviso e descubra como nossas soluções podem te ajudar a construir um mix adequado para garantir a segurança em seus softwares e aplicações.

Está pronto para investir? Compartilhe com a gente os benefícios que você desfrutou e suas experiências caso já tenha optado em investir no treinamento!

Originalmente postado no Blog da Conviso Application Security – Siga-nos no Twitter @conviso Google+

Tags

Deixe um comentário

topo
%d blogueiros gostam disto: